Agenda

Exposição “CAPA e CONTRACAPA”

Anexo LONA - R. São Bento, 181 – 1º. Andar

Exposição “CAPA e CONTRACAPA”

CAPA e CONTRACAPA 

capa - tudo que envolve, cobre, protege alguma coisa, com a finalidade de proteger 

contracapa - parte interna da capa de uma obra ou publicação; verso da capa ou verso da contracapa 

 

 

Anexo LONA recebe exposição, com curadoria e conceito de Marcio Harum – CAPA e CONTRACAPA que, apesar da sugestão de unicidade, é “2”. O espaço abre duas mostras simultâneas dos artistas Fabio Menino e Viviane Teixeira que exaltam o pictorialismo, cada um à sua maneira, utilizando-se da técnica de representação artística mais antiga do mundo: a pintura. O conceito expositivo pensado por Marcio Harum subverte paradigmas uma vez que o conteúdo é sempre buscado no miolo e não nas capas e contracapas.  

“As duas exposições individuais simultâneas (.....) irrompem no espaço como som, com dois lados dissonantes, mas complementares. A proposição surge movida pela inspiração gráfica do ato de se criar uma incerta e possível ligação tátil; como frente e verso de um álbum musical, em que pinturas exibidas nas paredes são as próprias gravações sonoras” explica o curador. 

CAPA, com a artista plástica carioca Viviane Teixeira, permite um passeio por seu universo pictórico ficcional, onde uma corte fantasiosa possui figuras femininas como soberanas. Referências históricas da Família Real Brasileira, games, contos dos irmãos Grimm, as cartas de baralho, os jogos de tabuleiro, o jogo de xadrez, músicas, músicos, livros e artistas como Philip Guston, Paula Rego, Louise Bourgeois, Pia Fries, Laura Lima, Cristina Canale, etc., permeiam os questionamentos que gestam a obra. “Tais questões estão vinculadas às escolhas cromáticas contundentes, aos objetos associados ao desenho e às formas híbridas e fluidas que remetem a cenas e personagens arquetípicos saídos dos contos de fadas e que travam intensos duelos e diálogos”, diz Viviane Teixeira. 

A produção da artista vem sendo publicamente acompanhada mais de perto desde sua participação no edital Programa de Exposições do CCSP em 2015, e de lá pra cá tem marcado em suas obras de pintura uma vívida sucessão de alter egos e avatares anacrônicos, estando fixados em uma mise-­en-­scène bastante singular de cenários e figurinos voltados aos jogos, rituais, hábitos e costumes de outrora”, diz Marcio Harum. 

Em CONTRACAPA, o artista paulistano Fabio Menino apresenta telas figurativas com forte apelo realista onde as cores e formas definidas de objetos do cotidiano, ou não, mas conhecidos e quase comuns, produzidos em escala industrial, mas agora vistos por suas funções, significados e potencias pictóricas. As escolhas não são aleatórias. Os objetos representados por Fabio Menino possuem um ponto de convergência. Como explica o artista: “são suas funções: de proteção, segurança ou mesmo como ferramenta; executando um papel que um coro sozinho não pode realizar”. 

Há entre o conjunto de telas do artista uma menção a ‘99,00’ -­  se tal cifra é sobre o preço da carne, o valor de materiais artísticos ou um mal-­entendido visual qualquer, na realidade não importa. Com a seleção exposta de pinturas, a indagação que fica acerca do vínculo identitário com o mundo físico das imagens de Fabio Menino traduz-­se por ser pura ficção, ou não”, elucida Marcio Harum. 

 

Marcio Harum 

Vive em São Paulo. Trabalha na interseção entre curadoria, programas públicos e educação. Coordenou o programa "CCBB - Arte e Educação" no Centro Cultural Banco do Brasil, São Paulo, entre 2018 e 2020. Foi curador de artes visuais do Centro Cultural São Paulo entre 2012 a 2016 e dirigiu o programa "experiências dialógicas" no Centro Cultural de España, São Paulo, entre 2009 a 2011. Tem participado de comissões julgadoras dos mais diversos editais de artes visuais do país. Vem realizando cursos, interlocuções, laboratórios e acompanhamentos artísticos em diversos formatos on-line. Integra o comitê curatorial da 1a Bienal de Arte Contemporânea SACO no Chile.  

 

Fabio Menino 

Vive e trabalha em São Paulo. Bacharelando em Arte e Design na Universidade Federal de Juiz de Fora/ MG. Possui cursos de apoio e aperfeiçoamento em artes plásticas - Arte no Brasil, Relatos Alternativos | Tadeu Chiarelli; Arte Contemporânea | Pedro França; Conversa Circular | Leda Catunda (Instituto Tomie Ohtake, SP); Arte Contemporânea: História | Mirtes Marins, entre muitos, além de atuar como assistente direto de artistas como Stephan Doitschinoff, Paulo Nimer PJ e Hildebrando de Castro. Em sua trajetória artística, participou de mostras coletivas em galerias e instituições, tais como Cartografias , Instituto de Artes e Design, UFJF , Juiz de Fora/ MG, SAV - Salão de Artes Visuais de Vinhedo, Vinhedo/ SP, 15º Salão Nacional de Arte de Jataí, Museu de Arte Contemporânea de Jataí – Jataí/ GO, Prêmio aquisitivo - 45º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, Santo André/SP, 26º Salão de Artes Plásticas de Praia Grande, Praia Grande/ SP, 44º SARP - Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional - Contemporâneo – MARP, Ribeirão Preto, SP, Mostra de Arte da Juventude – MAJ - Sesc Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, SP, Sauna Mística - Galeria AM - São Paulo, SP, Casa Carioca - MAR | Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, RJ. 

Viviane Teixeira 

Vive e trabalha no Rio de Janeiro. Bacharel em Pintura pela EBA, UFRJ (2003) e cursou EAV do Parque Lage, RJ (2004 /12). Foi selecionada para as exposições individuais: The Queen seated inside her Castle – A Rainha Suplente, Capítulo II, CCSP/SP (2015-16) e The Queen seated inside her Castle – A Sala do Trono, Paço Imperial, RJ (2016) e para as coletivas: Arte Londrina 7 (2019), 14° Salão de Artes de Itajaí, SC (2018), 18° Festival Internacional de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, Panoramas do Sul, Sesc Pompéia, SP (2013-14), 4° Salão dos artistas sem galeria, Zipper Galeria e Casa da Xiclet, SP (2013), 36° SARP, Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional-Contemporâneo, SP (2011), 17° Salão UNAMA de Pequenos Formatos, Galeria de Arte Graça Landeira, Belém, PA (2011), Abre Alas 5, Galeria A Gentil Carioca, Barracão Maravilha, RJ (2009), Artistas selecionados na Universidarte XIV, Intervenção no Museu da República, RJ (2007), Novíssimos 2007, Galeria de Arte IBEU, RJ e Selecionados Universidarte XIV, Casa França-Brasil, RJ (2006) além de participar de outras exposições em galerias e centros culturais no Brasil ao longo desses anos, como a individual As múltiplas faces da Rainha, na Galeria Movimento,RJ (2017). 

 

 

 

SERVIÇO 

Exposição: “CAPA e CONTRACAPA 

Artistas: Fabio Menino e Viviane Teixeira 

Curador: Marcio Harum 

Período: de 29 de maio a 28 de julho de 2021 

Local: Anexo LONA 

  1. R. São Bento, 181 – 1º. Andar - Centro, São Paulo

wtsp (11) 99403-0023 

Visitas com agendamento – MOSTRA VIRTUAL DISPONIVEL NO SITE DA GALERIA