Exposição "FRAGMENTOS DO INFINITO" | Individual de Teresa Viana

Zipper Galeria - R. Estados Unidos, 1494 - Jardim América

Exposição "FRAGMENTOS DO INFINITO" | Individual de Teresa Viana

A Zipper tem o prazer de anunciar a primeira exposição individual de Teresa Viana na galeria na condição de artista representada. A mostra “Fragmentos do Infinito” abre no dia 11 de novembro e reúne a produção mais característica da: pinturas em encáustica fria e óleo, sobre tela ou madeira, com cores vibrantes, nas quais a tridimensionalidade escultural que extrapolam a superfície pictórica e materializam o que a artista alcunha como “pensamentos táteis”.

 

A Zipper tem o prazer de anunciar a primeira exposição individual de Teresa Viana na galeria na condição de artista representada. A mostra “Fragmentos do Infinito” abre no dia 11 de novembro e reúne a produção mais característica da: pinturas em encáustica fria e óleo, sobre tela ou madeira, com cores vibrantes, nas quais a tridimensionalidade escultural que extrapolam a superfície pictórica e materializam o que a artista alcunha como “pensamentos táteis”.

 

Produzidas entre 2016 e 2021, as pinturas de diferentes dimensões desdobram questões que vem sendo formuladas por Teresa Viana desde a década de 1990. Massas cromáticas de encáustica se depositam e se sobrepõem sobre as superfícies pictóricas, resultando em topografias que induzem sinestesia. Independentemente da dimensão dos trabalhos, cada um dele permanece aberto e inesgotável, como sugere o título da individual.

 

“A prática de Teresa Viana alimenta o debate contemporâneo em torno da pintura. Embora tenha forjado uma linguagem pictórica marcada por um trabalho cromático e material que é único, sua prática não cabe no glossário modernista. O que está em jogo aqui não são os fundamentos da pintura. Em diálogo com essa tradição, o pensamento-corpo-sensação de Teresa Viana que se materializa em pintura é irredutível a uma perspectiva formalista. Este processo de criação pictórica do infinito resulta de um modo de ser que reconhece os limites da cognição modulada pela cultura, e aposta na arte como potência descolonizadora dos fluxos de força que turbilhonam sob a aparente estabilidade do mundo que nos cerca”, escreve Icaro Ferraz Vidal Junior, que assina o texto crítico da mostra.

 

A exposição “Fragmentos do Infinito” fica em cartaz até 18 de dezembro de 2021.

 

Prêmio

 

“Fragmentos do Infinito” faz parte do projeto de Teresa Viana contemplado pela Edital PROAC Expresso Lei Aldir Blanc - “Prêmio por Histórico de Realização em Artes Visuais”, que consistiu na catalogação, conservação preventiva e armazenagem do acervo de pinturas que estão no ateliê da artista, além da realização de um vídeo onde ela fala sobre o seu trabalho no seu estúdio em São Paulo.

 

Sobre a artista

 

Teresa Viana (Rio de Janeiro, 1960) vive e trabalha em São Paulo. Desde os anos 1990, a artista tem explorado os limites da pintura em seu processo e sua materialidade. O meio principal de Teresa Viana é a pintura, mas sua prática também inclui outros meios, como desenho sobre papel e digital, colagem, feltragem, site specific e instalação. Sua pintura é caracterizada pela tridimensionalidade escultural em cores vibrantes que extrapolam a superfície pictórica. Teresa materializa pensamentos táteis, introduzindo elementos sinestésicos, usando camadas de cores espessas com a técnica da encáustica fria, desenvolvida ao longo dos anos. Nos últimos anos a artista tem ganhado prêmios nacionais e internacionais importantes. Em 2020, foi contemplada pelo Prêmio por histórico de realização em artes visuais pelo edital PROAC Expresso Lei Aldir Blanc. Em 2019, pelo Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça, 9ª edição da Funarte, doando obras para o acervo do Museu de Arte de Ribeirão Preto. Em 2018, recebeu pela segunda vez a bolsa pesquisa da The Pollock-Krasner foundation (2001 e 2018), para participar de residência artística no International Studio & Curatorial Program (ISCP), em Nova Iorque. Teresa Viana tem obras em coleções como Museu de Arte do Rio, Museu de Arte de Ribeirão Preto, Contemporary Art Center Cincinnati (EUA), Instituto Figueiredo Ferraz, Coleção de Arte da Cidade de São Paulo, Museu de Arte Brasileira, Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea do Paraná, e Museu de Arte de Pelotas.

 

Texto crítico: Icaro Ferraz Vidal Junior

 

Icaro Ferraz Vidal Junior é doutor em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e em História da Arte pelas Université de Perpignan Via Domitia e Università degli studi di Bergamo, atualmente pesquisador visitante no Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

 

SERVIÇO

Exposição "FRAGMENTOS DO INFINITO" | Individual de Teresa Viana 
11 de novembro a 18 de dezembro 
Zipper Galeria
R. Estados Unidos, 1494 - Jardim America 01427-001, São Paulo - Brasil 
Segunda a sexta 10h–19h 
Sábados 11h–17h

Formas de Pagamento Artsoul

RUA QUATÁ 845, VILA OLÍMPIA, CEP: 04546-044, SÃO PAULO - SP | CNPJ: 29.752.781/0001-52