Agenda

Exposição "Desenhomatic"

Choque Cultural - Rua Comendador Miguel Calfat, 213, Itaim Bibi

Exposição "Desenhomatic"

Bolsa de Arte e Choque Cultural apresentam a exposição DESENHOMATIC LTDA com pinturas assinadas em conjunto pelos artistas Jaca e Zimbres.

 

A exposição compõe-se de sete telas de grandes dimensões. Cinco das telas expostas foram produzidas durante uma residência artística em Porto Alegre, no Museu do Trabalho e outras duas foram realizadas já durante o período da pandemia entre São Paulo e Porto Alegre.

 

DESENHOMATIC LTDA é resultado de alguns anos de experiência colaborativa entre os artistas, que já se encontraram em diferentes momentos para produzir juntos, dividindo os mesmos objetos de criação. Desenhomatic é um estúdio de criação imaginário, através do qual a dupla se expressa em sintonia, num processo criativo integrado e sincrônico, mas ao mesmo tempo caótico e dissonante, de onde saem obras plásticas sui generis, sejam peças em papel, colagens, assemblages ou as grandes telas que estão sendo expostas na Bolsa de Arte em São Paulo, na versão virtual a partir de 1 de outubro de 2020 e, quem sabe, a partir de 17 de outubro em sua versão presencial.

 

A autoria é uma das principais questões levantadas pelas pinturas expostas. Os dois artistas explicam o processo criativo envolvido na produção das obras, como um diálogo íntimo entre diferentes universos, através do qual vão surgindo intersecções, apagamentos, interferências e rasuras. Entre os autores, fica claro que existe liberdade de atuação das partes e que pode haver até mesmo um a certa provocação inclusa na conversa visual que se estabelece no processo. Numa das visitas ao atelier do Jaca, por exemplo, o artista me confessava com certo humor, que estava enviando a tela que acabara de pintar e que não havia deixado nenhum espaço para ser preenchido pelo Zimbres e, que se ele quisesse se colocar naquela pintura, poderia pintar tudo de branco que não haveria qualquer problema. Ao que o artista Zimbres me respondeu que não haveria problema algum, que se fosse preciso ele pintaria por cima mesmo.

 

Assim, com um desprendimento controlado, cada artista retoma a narrativa que foi deixada pela participação anterior do outro artista e desvia a história para outro caminho, refazendo a narrativa que, ao longo de um encadeamento de desvios consentidos, vai chegar num novo lugar que não faz mais parte dos universos autorais nem de Jaca nem de Zimbres. Os dois artistas fazem confluir universos que, aparentemente não teriam qualquer semelhança gráfica ou técnica, nem alguma semelhança na gestualidade ou na tipologia cromática. Os artistas encontram os pontos de confluência no contraste mesmo, procuram se encontrar nas diferenças. O pintor Jaca e o desenhista Zimbres.

 

Os artistas já se admiravam mutuamente, mas só se conheceram pessoalmente na época em que Zimbres editava a revista Animal e decidiu publicar uma história roteirizada por Adão Iturrusgarai e desenhada por Jaca. Mas o processo de colaboração criativa entre os dois artistas começou em 2012, numa residência artística ocorrida no Sobrado Dr José Lourenço, instituição cultural em Fortaleza, se consumaria o ato da primeira produção a quatro mãos realizada sobre capas de discos de vinil encontradas em sebos locais. Depois, nos anos seguintes, outros encontros criativos aconteceriam: no Rio de Janeiro, na Editora Bolha e em São Paulo, na Feira Plana, além da exposição realizada em 2019, em Porto Alegre, no Museu do Trabalho – local onde foram produzidas cinco das telas da exposição DESENHOMATIC LTDA.

 

Serviço:
Exposição: DESENHOMATIC LTDA
Artistas: Jaca e Fábio Zimbres

Descrição: a exposição compõe-se de 7 telas de grandes dimensões

pintadas a quatro mãos pelos artistas Jaca e Zimbres.

 

Data: de 1 de outubro de 2020 a 24 de dezembro de 2020
Abertura virtual: 1 de outubro – viewing room

 

https://www.choquecultural.com.br/pt/2020/09/28/bolsa-de-arte-e-choque-cultural-apresentam-desenhomatic-ltda/