Artistas

Paulo Vieira

Tem no desenho uma prática diária e sua arte é inteiramente apegada ao próprio processo de descoberta e inquirição, às vezes obsessiva. Sua obra não se revela de maneira simples, pois traz imagens cuidadosamente articuladas em torno das ideias de isolamento, incomunicabilidade e vida interior. Seus  autorretrados ou criptorretratos, como definiu o curador Mauro Trindade,  apresentam seus personagens numa narrativa não linear,  em universos  atemporais e inquietantes.

Obras do artista