Exposição “O PUDOR DA FLOR”

Galeria Poente - Avenida Anchieta, 1564, Jardim Esplanada, São José dos Campos

Exposição “O PUDOR DA FLOR”

Exposição gratuita O PUDOR DA FLOR

 

  1. Abre-se a flor

            Fecha-se a porta do banheiro.

            Encontra-se o tempo, despudorado no espelho.

           

  1. Desenha-se o pistilo, o caule, os ossos, o feto

            Como quem destranca o acesso ao espaço íntimo da casa.

            Dá-se existência exterior ao que era interno, num ciclo contínuo de vida e morte.

 

  1. Não nascer mulher, mas tornar-se.

            Porque se aprende

            Porque te ensinam a ter pudor enquanto experimentas os primeiros passos.

            Não nascer mãe, mas encontrar a maternidade no avesso das fronteiras entre o                                  

antes e o depois.

 

  1. No meio dos ciclos está o desenho.

            A forma inebriante da flor, o tom ambíguo de um rosa, o labiríntico rejunte do

            azulejo do banheiro.

 

  1. O círculo cíclico da lua-sol

            A forma acrobática de uma perna que se esgrima no corpo entre o lazer, o

            espreguiçar e relaxar.

 

  1. Revisitar desenhos antigos, revirando ciclos passados que perderam o vazio e

encontraram novos estados possíveis. 

 

  1. Quem morreu não era homem nem mulher, tornou-se.

            O que nasceu durou pouco tempo até virar do avesso.

            Quem amamentou, cultivou o vão de dentro que passa a ter vida exterior.

 

  1. A porta do banheiro fecha-se, não por pudor, mas porque aprendemos a respeitar o

saneamento básico do silêncio.

            A flor, simples assim, abre e fecha, brota desabrocha, murcha e ciclicamente                           

alimenta a lua-sol do espelho.

 

(Texto curatorial de Célia Barros)

 

 

A Galeria Poente, galeria de arte contemporânea localizada em São José dos Campos, inaugura A exposição “O PUDOR DA FLOR”, individual da artista Lindsay Ribeiro, a partir do dia 02 de fevereiro. Com curadoria de Célia Barros, a exposição dá continuidade à investigação visual da artista que desenvolve a sua poética no intenso processo de coleta de imagens e referências, com as quais cria uma convivência diária.

 

Nesta apropriação, busca ressaltar a falta de sentido do mundo contemporâneo no que diz respeito ao corpo feminino e ao universo do mito da beleza, tais como o culto à juventude da mulher, estimulado pelo patriarcado, atuando como mecanismo de controle social.

 

 

A mostra faz parte do projeto Fragmento, uma poética da derivação realizado com recursos da Lei Federal Aldir Blanc nº 14.017, de 29 de julho de 2020, que dispõe sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas durante o estado de calamidade pública.

 

Durante a exposição o público poderá conferir aquarelas, gravuras e desenhos. Além da visitação na galeria, seguindo os protocolos de saúde, pode ser realizada em pequenos grupos, sob agendamento. A mostra terá abertura online nas redes sociais da artista e da galeria.

 

A mostra permanecerá na Galeria Poente até o dia 24 de abril de 2021. 

 

 

Sobre a artista:

Lindsay Ribeiro vive e trabalha em São José dos Campos. É bacharel em Artes Plásticas pela Escola Guignard da Universidade Estadual de Minas Gerias - UEMG e pós-graduada no Mestrado em Arte pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp.​ Dedica-se a pesquisa e investigação artística de questões relativas ao corpo feminino e de novas abordagens para tratar o trabalho artístico no aprofundamento das questões poéticas. Em resoluções delicadas e sensíveis, busca ressaltar a falta de sentido do mundo contemporâneo. Suas obras tem sido exibidas em salões, feiras e galerias, em exposições individuais e coletivas. Entre outros projetos, trabalhou na Universidade do Vale do Paraíba por 10 anos onde atuou como professora, coordenadora e curadora à frente da Galeria Ivonne Weis. Depois disso, tem trabalhado no último ano por conta própria e em colaboração com outros profissionais e também com o ensino de Arte no seu ateliê

 

 

Serviço

Exposição “O PUDOR DA FLOR”

Data: 02 de março a 24 de abril

Inauguração online no dia 05 de março nas redes sociais da galeria Poente e da artista

@galeriapoente e @ribeiro.lindisay

 

Horário: De terça a sexta das 13h às 19h

Sábados das 10h às 16h

Local: Avenida Anchieta, 1564, Jardim Esplanada, São José dos Campos

 

Visitação somente com agendamento, para pequenos grupos de no máximo cinco pessoas.

Para reservar seu horário de visitação, entre em contato pelo WhatsApp 12-991244992 ou via DM no instagram da galeria.

Formas de Pagamento Artsoul

RUA QUATÁ 845, VILA OLÍMPIA, CEP: 04546-044, SÃO PAULO - SP | CNPJ: 29.752.781/0001-52