Agenda

Exposição “CKD - COMPLETELY KNOCKED DOWN”

MAMAM – Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães – Rua da Aurora, 265 - Boa Vista – Recife – PE

Exposição “CKD - COMPLETELY KNOCKED DOWN”
COMUNICADO IMPORTANTE : Devido a pandemia do Covid-19, anunciado 12/3 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), recomendamos que confirmem a realização dos eventos antes de se deslocarem. As informações mudam a todo momento.Telefone para contato com a organização da exposição no final da página. 

 

 

ARTISTAS BRASILEIROS E ALEMÃES APRESENTAM EXPOSIÇÃO COLETIVA NO RECIFE

Completely Knocked Down” reúne obras e performances de artistas do Recife e Bremen no MAMAM - Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães 

 

Com atividades dentro e fora de um museu e mais um intercâmbio de obras e performances, está chegando ao Recife o projeto “CKD - Completely Knocked Down – Recife Bremen Connection”. Cinco artistas recifenses e quatro artistas alemães integram o projeto que tem abertura oficial no dia 18 de março no MAMAM – Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães com performances de Paulo Bruscky e Sílvio Hansen com seu “Concerteto ao Breu”. Os demais participantes com obras expostas são Márcio Almeida, Christian Haake, Wolfgang Hainke, Tobias Heine, Maria do Carmo Nino e os idealizadores do projeto Francisco Valença Vaz e Rebekka Kronsteiner.

Com produção da Relicário Produções Culturais, “Completely Knocked Down” consiste na realização de exposições bilaterais com a participação de artistas do Recife, Brasil e de Bremen, Alemanha. O título é um termo técnico que define um conjunto de partes completamente desmontadas de um único produto. “A ideia é realizar uma exposição juntando gerações diferentes. Como todos os artistas também são curadores, vamos desconstruir um pouco a estrutura de uma exposição”, explica Francisco Valença Vaz. "A exposição é uma construção coletiva com obras dos artistas locais e fragmentos de obras dos artistas alemãs que vêm em um container que estará exposto na Av. Rio Branco e com visitação pública".

Seguindo o protocolo CKD, para essas exposições, as obras foram desmontadas e acondicionadas em caixas que correspondem a um décimo de um contêiner de vinte pés. Nesta curadoria compartilhada, até os objetos que transportaram as obras também fazem parte da exposição. As caixas utilizadas para o deslocamento dentro do contêiner são apresentadas para amplificar ou refutar as nove diferentes posições dos/das artistas, buscando assim, tecer um leque aberto de proposições.

O processo de transporte entre Bremen e Recife tornou-se assim, uma metáfora para a estreita colaboração entre artistas de ambas as cidades, misturando suas propostas individuais em um trabalho de exposição conjunta. Além disso, “Completely Knocked Down” se refere diretamente ao impacto físico de um mundo globalizado e que dentro de processos cada vez mais virtuais, uma coexistência política e artística, acaba por se tornar mais fragmentada. 

Além desta performance e da montagem aberta, a produção do projeto ainda prevê um programa paralelo com aulas na UFPE, uma ação no museu e uma construção coletiva com fragmentos e vestígios da caixa do container mostrando que no mundo da Arte nada se perde e tudo se transforma. As obras criadas em parceria entre os brasileiros e alemães seguirá depois para a Alemanha em uma outra exposição no mês de setembro.  

Atelier Aberto – Antes mesmo da abertura oficial da exposição, alguns eventos irão preparar o público para o CKD. O MAMAM funcionará como um Atelier Aberto, sendo um projeto introdutório a esta exposição. Em um constante estado de limbo artístico, as obras em estado mutável e de produção inacabada entrarão em comunicação aberta com o público que poderá acompanhar o desenvolvimento de cada artista. O Museu estará aberto de 03 a 08 de março das 14h às 17h.

Performance - Os nove artistas envolvidos no projeto se juntarão na Av. Rio Branco, no Recife Antigo, para a produção de uma performance coletiva que vai associar o container com o conteúdo a ser exposto no MAMAM. A ideia é criar um perfil que se correlacione com a exposição. O Container será um objeto que emancipará conteúdo para os artistas e ficará na Rio Branco durante todo o período expositivo.

Os artistas começarão a performance abrindo uma caixa de ferramentas e retirando diferentes tipos de martelo, furadeiras elétricas, fitas métricas, entre outros materiais, que serão utilizados para provocar diferentes barulhos e sons que possam ser retirados do Container como uma sinfonia. Esse conteúdo será gravado e colocado como trilha da exposição no MAMAM no período em que estiver em cartaz. A performance única ocorre no dia 14 de março às 16h.

Catálogo - Ao final do período de exposição, será lançado em maio um livro como resultado adicional da colaboração entre os artistas brasileiros e alemães, contendo textos de teóricos da arte de ambos os países. Este nível analítico-artístico é importante para dissecar em detalhe as semelhanças e diferenças das posições dos artistas. Além disso, o livro proporcionará a oportunidade de criação de um conteúdo independente do material exposto.

Além destes textos, o catálogo apresentará fotografias da exposição junto com fotografias do processo de montagem tiradas pela brasileira Roberta Guimarães e da Alemanha, Hannah Wolf. Na Alemanha, a fotógrafa Hannah Wolf registrou a entrada do container no porto e o empacotamento das caixas com as obras. Em Recife, a fotógrafa Roberta Guimarães registrou a chegada das caixas no MAMAM. Esse material será usado também com a documentação do conteúdo apresentado na exposição.



 





EXPOSIÇÃO “CKD - COMPLETELY KNOCKED DOWN”

Local: MAMAM – Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães – Rua da Aurora, 265 - Boa Vista – Recife – PE

Artistas participantes: Márcio Almeida, Paulo Bruscky, Christian Haake, Wolfgang Hainke, Sílvio Hansen, Tobias Heine, Rebekka Kronsteiner, Maria do Carmo Nino e Francisco Valença Vaz

Fotógrafas: Hannah Wolf e Roberta Guimarães

Período da exposição: 18 de março a 03 de maio de 2020

Terça a Sexta - 12h às 18h / Sábado e Domingo 13h às 17h

Entrada Gratuita

 

ATELIER ABERTO – MONTAGEM NO MAMAM:

De 03 a 08 de março - Das 14h às 17h

 

PERFORMANCE – RECIFE ANTIGO (Av. Rio Branco):

Dia 14 de março – Das 16h às 18h

 

ABERTURA

Dia 18 de março - Das 19h às 22h

Performances na Abertura: Paulo Bruscky e Sílvio Hansen – Concerteto ao Breu

 

Telefone : (81) 3355-6871