Artistas

Sidney Amaral

A polifonia presente na obra de Sidney Amaral, artista paulistano, corresponde as várias formas que seu trabalho adquire, os meios expressivos dos quais ele lança mão, criam, abraçam e devassam o seu universo poético.

 

Suas esculturas tanto quanto seus desenhos, pinturas e objetos, compõem um panorama onde sua humanidade, moldada na grande cidade, apresenta-se através de obras que destilam questões de ordem existencial, ironias e sarcasmos, quando questionam, por exemplo, na sua escultura e instalação, o destino original dos objetos deslocando-lhes os sentidos pela alteração da matéria. Sucede que este artista é também um jovem negro, brasileiro, atento a tudo que essa condição pode significar, condição que naturalmente contamina suas eleições éticas e estéticas, sem, no entanto diminuir-lhes o rigor e a pretensão artística, pelo contrario, ela contribui para o adensamento de suas propostas, cuidando para não enclausurá-las numa retórica panfletária e parcial. ” por Claudinei Roberto

 

Sidney Amaral (1973) é formado pela FAAP onde estudou pintura acadêmica e fotografia. Em 2016, Sidney Amaral participou de uma residência artística em Gludsted na Dinamarca e em 2013 no Tamarind Institute (EUA), na qual trabalhou o tema da identidade racial no Brasil e  Estados Unidos.

 

Principais exposições:  III Mostra do Programa de Exposições 2001 do Centro Cultural São Paulo – CCSP (São Paulo, SP, Brasil) O Banzo O Amor e a Cozinha de Casa- Museu Afro-Brasil 2015, Territórios: artistas afrodescendentes no acervo da Pinacoteca -Pinacoteca de Sao Paulo (2015/16), Historias Mestiças- Instituto Tomie Ohtake (2014), Museu Afro Brasil (São Paulo, SP, 2014, 2013, 2009 e 2006),   Replica e Rebeldia – artistas de Angola Brasil, Mocambique e Cabo Verde -Museu de Arte Moderna da Bahia  MAM-BA (Salvador, BA, 2006), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro  MAM-RJ (Rio de Janeiro, RJ, 2006) e Centro Cultural Banco do Brasil Brasília – CCBB-DF (Brasília, DF, 2006),Para Nunca esquecer, Negras Memorias memorias de negros- Museu Oscar Niemeyer (Curitiba, PR, 2005), Centro Cultural São Paulo - CCSP (São Paulo, SP, 2001).

Obras do artista