Artistas

Carol Nogueira Fernandes

Carol Nogueira Fernandes (Divinópolis, Minas Gerais, 1979). 

Como artista visual, trabalha com vários suportes: vídeo, fotografia, instalações, performance, esculturas, além de atuar na área de cenografia e direção de arte de cinema, teatro e exposições.

Formada em Comunicação pela UniBH, Mestre em Hypermedia (Arte e Tecnologia) pela Universidade Paris VIII, participou de residências artísticas e exposições na França, Sérvia e Eslovênia, em instituições como Camac, La General en Manufacture, Les Pixels Transversaux, Le Fresnoy, Mains d’Oeuvres. Em 2008, coordenou o laboratório de interatividade Cras Lab, criado Jean Noel Montagne, em Saint Ouen - França.Em 2009, foi a única artista convidada de fora do Leste Europeu para o Projeto New Idea Woman (Sérvia e Eslovênia). No mesmo ano, foi artista convidada no Festival WPP Piran Idea (Eslovênia) realizando vídeos, video cenário e performance. 

Em 2015, foi responsável pela instalação “A Banda” para o projeto do novo MIS-Rio. Em 2017, participou do Festival Arte Serrinha (Bragança Paulista SP) com a land art“A quem possa nos ajudar”. Suas esculturas “Ares”, “Cronos” e “Urano” foram destaque na SP-Arte 2019. 

Em cinema, foi responsável pela decoração de cena e produção de objetos e arte para o longa metragem “Casa de Antiguidades” - único filme latino americano selecionado para o Festival de Cannes 2020; a direção de arte e expografia de exposições de artistas como Ai Weiwei, André Kertesz, Georges Melies, Cláudio Edinger, Yutaka Toyota, Cassiporé Torres, dentre outros, no Museu de Imagem e Som – MIS SP e Cinemateca Brasileira entre 2009 e 2014.

Em óperamusical e dança, fez a coordenação de arte e cenotecniade espetáculos como Aída, Jupyra, Cavalleria Rusticana, Arthemis, Falstaff, eUm jeito de corpono Teatro Municipal de São Paulo e Theatro São Pedro, além do A Pequena Sereia, no Teatro Santander, também São Paulo. Como cenógrafa atuou em shows musicais junto a artistas como Criolo, Érika Machado e Kid Vinil. 

Obras do artista