Artistas

Adriano Amaral

Ribeirão Preto, Brasil, 1982

Vive e trabalha entre Lisboa e São Paulo

 

Adriano Amaral desenvolve um processo artístico alquímico, empregando materiais sintéticos e orgânicos, além de vídeo, luz e som. Os materiais e objetos presentes em seus trabalhos formam raras combinações que negam uma lógica hierarquica entre eles e atuam para descontextualizar espaços arquitetônicos através da presença física do espectador.

 

Depois de concluir seu mestrado no Royal College of Art de Londres, em 2014, Adriano fez uma residência artística em 2016 no De Atelier, Amsterdã, e recebeu o Mondrian Fonds Work Contribution Proven Talent em 2017.

 

Suas recentes exposições incluem projetos solo na Vleeshal Zusterstraat, Holanda, Bielefelder Kunstverein, Alemanha, e Galeria Jaqueline Martins, em São Paulo, Brasil. Exposições coletivas incluem projetos no Sixty Eight Art Institute, Copenhague, Museu de Arte Moderna de Moscou e Beelden Aan Zee, em Haia, Holanda.

 

Adriano Amaral é apoiado pelo Mondriaan Fund.

Obras do artista