Anete Ring | SÃO PAULO - SP

Desobjetos CX-01 - Peneira de carregar água

R$ 2.500

COMPARTILHAR

Descrição

Os "DESOBJETOS" são destituídos de utilidade, neles há uma costura de materiais perdidos,  pedras brutas, e materiais encontrados nas caçambas de São Paulo. Neste trabalho, uma pedra bruta, encontra um fragmento de entulho, arames de ferro e de cobre saídos de circuitos de TVs analógicas jogadas nas caçambas, um cabo de internet desconstruído um folha de cobre amassada, tudo isso pendurado dentro de uma caixa de acrílico com fundo espelhado. A fragilidade, o fugidío, o passageiro, estão expressos nestas obras. O nome "Desobjetos" emprestei de um poema de Manoel de Barros. Segue o poema. OS DESOBJETOS (Do acervo de Bernardo) Prego que farfalha Uma púa de mandioca O fazedor de amanhecer O martelo de pregar água Guindaste de levantar vento O ferro de engomar gelo O parafuso de veludo Alarme para o silêncio Presilha de prender silêncio Formiga frondosa com olhar de árvore Alicate cremoso Peneira de carregar água Besouro de olhar ajoelhado A água viciada em mar Rolete para mover o sol Manoel de Barros do livro: Escritos em Verbal de Ave 2011

Ficha Técnica

2018
Técnicas: Escultura, Técnica Mista, Outros
Temas: Abstrato, Contemporâneo, Conceitual
Cores: Monocromático
40cm × 19cm × 11cm

Veja Também

Mais Obras do Artista

Veja Também

Mais Obras desta Galeria

Formas de Pagamento Artsoul

RUA QUATÁ 845, VILA OLÍMPIA, CEP: 04546-044, SÃO PAULO - SP | CNPJ: 29.752.781/0001-52