Artistas

Vicente Duque Estrada

Videomaker e arte-educador experiente em popular, oficinas de vídeo de base comunitária no Chapéu Mangueira e Babilônia (2005-06), Pavão-pavãozinho e Cantagalo (2003, para AfroReggae), na Escola de Cinema do Instituto Dragão do Mar, em Fortaleza (2001-2002), na Rocinha, Rio de Janeiro/RJ (de 1988 a 2001), e com menores infratores na DEGASI (2007). Desde 2012, Duque Estrada atua na Fotografia Digital no SENAI, tendo acompanhado o programa educacional RIOFILMES na comunidade Favela do Alemão (curso 240 horas) em 2014. Duque Estrada atuou como curador no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil) entre 1994 e 2002, (Mostra Video Autor, com presença de 14 mil espectadores), no Festival Rio-Cine (de 1986 a 1992) e no Espaço Cultural Sérgio Porto (entre 1986 e 1987). Estudou Artes Visuais com mestres como Augusto Rodrigues, Maria Teresa Vieira, Marília Kranz, Ilo Krugly e Pedro Domingues na Escolinha de Artes do Brasil, Ateliê Hélio Rodrigues, entre outros (desenho, pintura c/ múltiplas técnicas, escultura, xilogravura e teatro de fantoches). Desde 2018 coordena a edição de vídeos para as exposições coletivas do Espaço Zagut, Rio de Janeiro, RJ/Brasil.

Obras do artista