Artistas

Rodrigo Linhares

Bio


Nascido em Bento Gonçalves, RS, 1977. Vive e trabalha em São Paulo desde 2002

É formado em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Santa Maria. Desde 2014 integra o Ateliê Fidalga, sob a coordenação dos artistas Albano Afonso e Sandra Cinto. Transita entre a fotografia, a pintura e o desenho, e pesquisa aspectos discursivos da linguagem visual.

Em novembro de 2019, inaugura a exposição individual Rodrigo Linhares: Vivências por Reflexo no MAC USP - Museu de Arte Contemporânea da USP. Anteriormente expôs seus trabalhos nas exposições [DIS]Trópicos, na Funarte SP, Retrotopias, no espaço independente edifício Magdalena Laura, no centro de São Paulo (2018), e em mostras individuais no Museu de Arte de Ribeirão Preto (2018), na Adelina Galeria (2017) e no Projeto Fidalga (2016). Rodrigo foi premiado no 42º SARP - Salão de Arte de Ribeirão Preto (2017), no 51º SAC - Piracicaba (2019) e no 44º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto (2016), além de ter sido indicado ao prêmio PIPA em 2018 e de ter participado da 8º edição do Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia no Pará, em 2017. Vive em São Paulo.


Exposições Individuais


2021
- Temporada de Projetos do Paço das Artes 2020. São Paulo, SP. (exposição adiada para julho de 2021)

2019
- Rodrigo Linhares | Vivências por Reflexo - MAC USP - Museu de Arte Contemporânea da USP, de 09 de novembro de 2019 a 09 de fevereiro de 2020.

2018
- MARP - Museu de Arte de Ribeirão Preto, de 20 de abril a 25 de maio.

2017
- Algorab, Adelina Instituto, 26 de setembro a 04 de novembro. Curadoria de Nathalia Lavigne. São Paulo

2016
- Desaparecimento: primeiros estudos na sala expositiva do Projeto Fidalga. São Paulo SP


Exposições Coletivas


2019

- Projeto "LIMITE" - Exposição "Do que se guarda". Museu de Arte de Ribeirão Preto
- 51° Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba.
- 26º Salão de Artes Plásticas de Praia Grande.

2018

- Ocupação Retropias. Exposição Paralela a Bienal de SP. De 05 de setembro a 09 de outubro. Edifício Madalena Laura, centro de São Paulo.
- [DES]trópicos. Funarte SP. De 09 de junho a 29 de Julho. São Paulo SP.

2017

- Para que eu possa ouvir, coletiva de inauguração da Adelina Instituto. São Paulo SP.
- VIII Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia em Belém PA.
- Library of Love no Contemporary Arts Center em Cincinnati.
- 42º SARP - Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional - Contemporâneo SP. Museu de Arte de Ribeirão Preto

2016

- 44º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto. Santo André SP.
- Intervenção fotográfica em grande escala no prédio da futura sede da Adelina Instituto. São Paulo SP.

2015

- 16º Salão Nacional de Arte de Jataí GO.
- 31º Salão de Artes Plásticas de Jacarezinho PR.
- Participação do livro 43 Visões do Monte Fuji por Artistas Contemporâneos Brasileiros
exposto no The Fine Art Laboratory Gallery/FAL, da Universidade de Arte de Musashino (Japão) - iniciativa do Ateliê Fidalga.


Prêmios e indicações


2019

- Prêmio Aquisição no 51° Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba

2018

- Indicado a Prêmio PIPA.

2017

- Prêmio aquisição no 42º SARP - Salão de Arte de Ribeirão Preto

2016

- Prêmio aquisição no 44º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto. Santo André SP


Residências Artísticas


2017

- Residência artística no Ateliê de Adelina de junho a dezembro. São Paulo SP

2016

- Residência Paulo Reis / Projeto Fidalga no mês de junho. São Paulo SP.

Obras do artista