Artistas

Nunca

Em sintonia com a história de seu Brasil natal e criticamente consciente de si mesmo como produto da mistura de povos engendrados pela colonização portuguesa, Francisco Silva, também conhecido como Nunca, cria arte exuberante desde os 12 anos. Nunca são grandes figuras e cenas expansivas parece-se com xilogravuras e litografias, uma referência aos médiuns historicamente usados ​​pelos portugueses para retratar índios nativos. Referências a canibais amazônicos se repetem em seu trabalho, mescladas a imagens inspiradas em São Paulo e na cultura popular. "A principal preocupação do meu trabalho é provocar questionamentos sobre como a cultura tradicional é misturada, mantida ou perdida na globalização". Aclamado pela crítica em todo o mundo, nunca convidou para pintar o mural na fachada da Tate Modern em 2008.

Obras do artista