Artistas

Manoel Novello

Rio de Janeiro, 1961

Vive e trabalha no Rio de Janeiro

Formado em Arquitetura e Urbanismo (FAU-UFRJ), começa a trabalhar na profissão, ainda como estagiário em lugares fundamentais para o desenvolvimento da sua experiência de observador ativo, como a Fundação Nacional Pró-Memória, na recuperação do prédio do Paço Imperial, no escritório HJ Cole + Associados e já como arquiteto, na Companhia Brasileira de Trens Urbanos.

O interesse pela geometria, projetos, conceitos, fluxos, construção e reconstrução dentro do espaço urbano já faziam parte da sua vivência quando inicia sua formação em artes visuais na Escola do Parque Lage, Rio de Janeiro.

A pintura se tornou o meio de expressão principal na sua produção artística, que se apresenta também através da fotografia, desenho e, recentemente, instalação.

Uma linguagem enxuta e complexa, de linhas e elementos geométricos, proveniente do desenho de arquitetura, são apagados, substituídos por outros que os cobrem, durante o processo de trabalho.

A imagem é sempre sustentada por superfícies de cores que, em conjunto, formam o ambiente que o artista deseja transmitir nessa representação da sensação do espaço urbano. Vivência introjetada em cada sujeito: a paisagem e sua geometria, o espaço em sua dinâmica e a velocidade em seu tempo.

Seus trabalhos são criados a partir de um processo de construção e reconstrução.

Manoel Novello estabelece um diálogo da sua produção com a observação da metrópole onde vive e de outras para onde viaja, eventualmente.

Obras do artista