Artistas

Dudu Garcia

Dudu Garcia não teme o passado, ao contrário, faz dele um compromisso para a sensibilização do olhar. Há, em sua ação, uma espécie de aura romântica, um compromisso com a criação do belo e com a revelação de um mundo escondido diante de nosso olhar. Para ele, o artista é um desbravador, um descobridor, e a tarefa maior de seu ofício é desnudar os véus do olhar. Através de manchas de cores formadas por camadas de tinta sobrepostas, o trabalho do artista revela um processo pictórico sensível e bem elaborado. Eduardo Garcia cria a sua paisagem urbana, seus mapas, seus muros, seu Verbo. A sua temática é, em essência, o Tempo. Diante de suas pinturas o espectador é convidado a conhecer uma história, um registro, um processo: o corpo da pintura está ali, presente, vibrando nas grandes superfícies que se orientam por uma espécie de princípio construtivo orientador. 

A pintura é o registro da história e ela se cria através de um processo construtivo racional sem jamais abandonar a poética e alguns valores relacionados com as práticas artesanais. Num mundo regido pela velocidade e pelas imagens virtuais, a pintura de Eduardo Garcia impõe-se em nosso olhar como a arte da permanência. E a poderosa e vibrante presença da materialidade pictórica é o instrumento utilizado pelo artista para se atingir a verdadeira beleza.

Obras do artista