Artistas

Denise Haesbaert

Denise Iserhard Haesbaert , nasceu em 08/11/1949,em Porto Alegre , onde reside e trabalha. Formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul , Porto Alegre, RS (1974) em graduação em escultura e pós - graduada com especialização em poéticas visuais pela Feevale, Novo Hamburgo, RS (2008). Sua pesquisa pictórica enfoca questões ligadas ao tempo, ao feminino ,à natureza e aos ritos. Divide seu trabalho em Zonas, territórios de espera, faixas de pesquisa, de intervalos de tempo e experimentos. Sua obra é construída por duas grandes Zonas : Zonas de Vestígios e Zonas de Rastro. Nas Zonas de Vestígios , fez uso de materiais orgânicos e sangue menstrual, deixando transparecer a passagem do tempo, falando de um tempo biológico, através do uso de suas últimas menstruações, encerrando um ciclo feminino(menopausa). Nas Zonas de Rastro , faz uso de materiais póveros, químicos , oxidações, tinta acrílica, cimento, terra, pó de mármore ,betume, resinas e outros. Constituída por diversas zonas desde o ano de 2000. A partir de 2016, as pinturas das Zonas de Rastro, são denominadas : Zonas de Oxidações em virtude da artista agregar ao processo só matrizes de ferro, expostas ao tempo climático que produzem as primeiras impressões de ferrugens . Zonas híbridas, monotipias impressas em camadas de voil, linho ou lona que transitam entre as técnicas de gravura e de pintura. Oxidações que revelam o dialogo silencioso da artista com a passagem do tempo climático através do interferência da chuva , vento, sol e poeira, na sua feitura .O tempo e a natureza como construtores primordiais da pintura. Após estes registros, as telas são finalizadas com o uso de tinta óleo , pó de ouro e cobre. Sua pintura se apresenta como organismo vivo e orgânico, confirmando que é na experimentação matérica, na ausência de regras e na liberdade do artista de criar que a arte revela sua perplexidade em relação ao estar no mundo. Todas as ações se realizam e estão relacionadas com a fluidez e a passagem do tempo, com as transformações matéricas e com a transitoriedade da vida e da natureza.

Obras do artista