Sem título
Sem título
Tchelo

Sem título

Tchelo
R$ 2.500*

DIÁRIO DE UMA QUARENTENA Ao traçar uma simples linha em um breve movimento reto e contínuo surge uma figura humana. Como no Shodô, caligrafia oriental que se imprime pela variação da pressão do pincel sobre o papel, ensinado à crianças japonesas na educação primária e considerado uma metáfora para a vida. Esses “homens-linha” seriam sombras, à mesma maneira pela qual o artista suíço Alberto Giacometti se referia às suas esculturas em um posicionamento plástico identificado com a filosofia existencialista, que se traduz na essencialidade e repetição dos gestos formais que conferem à figura humana uma significação fundamental: uma linha vertical confrontando a horizontalidade do mundo.


Ficha técnica

2020
Técnicas: Pintura
Temas: Contemporâneo, Minimalista
Cores: Monocromático
27cm × 21cm × 3cm
Evento: Arte da Quarentena

Mais obras do artista
Mais obras desta galeria