Artistas

Rosângela Dorazio

Araguari, MG, 1963
Vive e trabalha em São Paulo.

Formada em Artes Plásticas em 1996 pela Fundação Armando Álvares Penteado- FAAP, SP.

Sua produção discute os transbordamentos de linguagens entre gravura e fotografia, criando imagens para serem desfeitas. Utiliza o corte de goivas e buris para interferir em fotografias adesivadas sobre superficies rígidas.

As fotografias são captadas pensando que a paisagem reconhecível será apagada do papel. Na ação de interferência, Rosângela retira com o corte os elementos específicos  e cria uma imagem para desfazê-la, como se acelerasse as transformações geradas pelo tempo. As imagens finais do trabalho apresentam algo da memória do que foi fotografado, porém modificadas pelo gesto de subtração da artista.  Cada imagem é única, rompendo assim com a função da reprodutibilidade da fotografia e da gravura.

Desde 1997 realiza diversas exposições individuais e coletivas em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Santigo, Lima e Frankfurt.

Possui obras no acervo do MAM – SP, MAC Dragão do Mar - Fortaleza, MACS - Sorocaba, SESC –SP, ICPNA Instituto Peruano Norteamericano – Lima, Peru e Acervo Itamaraty de Arte Contemporanea.

Participou da residência artística do MACS na Floresta Nacional de Ipanema em 2015 e foi premiada no II Prêmio Itamaraty de Arte Contemporânea.

 

 

 

 

 

 

Obras do artista