Artistas

Maria Perdigão

Maria Perdigão, vulto de Deva Dasi, nasceu em Varginha, MG, e mora no Rio de Janeiro. Sou cativada e fascinada em pintar com solos e outras substâncias naturais, e observar como a natureza produz cores, seguindo seu jeito íntimo e vital. Geógrafa como minha primeira opção (1973/1983), a geografia migrou para tela, papel e objetos. "Solo cósmico" surge como uma tentativa de alcançar a interação do ramo terrestre com o tronco celeste, na pintura através do feminino, do povo indígena, do corpo como mensageiro espiritual, anjos, cores e suas essências, meus temas favoritos- agora com o guia da Antroposofia depois do CentrArte –Pintura, Scultura e Eurithmy, São Paulo-Brasil/Goethanum-Suiça (1998-2001). "Solo Cósmico - O Ser dos Solos e o Ser-Por-Si - O Uso de Solos na Pintura e suas Funções Terapêuticas de Arte", uma monografia pós-graduada em ArteTerapia (2002-2004), também guia minha práxis desdobrada na pintura-ensino-pesquisa com aquarela e substâncias naturais (solos, pós de pedras preciosas e semipreciosas, metais, e assim por diante), pesquisando a questão da MISSÃO DA PINTURA, como ARTE DA COR , que sensações ela traz para a alma humana e como ela pode contribuir para a Construção da Humanidade do Homem. Acredito que a arte e o homem devem integrar o visível, o físico e o cósmico, para elevar o ser humano em sua jornada individual, e colaborar na grande jornada espiritual da humanidade. Maria Perdigão, vulto de Deva Dasi, nasceu em Varginha, MG, e mora no Rio de Janeiro.

Obras do artista