Exposição “Luiz Aquila A Procura da Pintura”

Galeria Patrícia Costa | Av. Atlântica, 4.240/lojas 224 e 225 – Copacabana – RJ

Exposição “Luiz Aquila A Procura da Pintura”

LUIZ AQUILA

A Procura da Pintura

 

Individual com curadoria de Claudia Saldanha abre no dia 15 de dezembro e inaugura o novo espaço da Galeria Patrícia Costa

 

          “Luiz Aquila A Procura da Pintura” elenca 15 obras do artista, selecionadas pela curadora Claudia Saldanha. A articulação de cores e contrastes através de planos e pinceladas – traço característico de Aquila - se manifesta em diferentes composições, com médios e grandes formatos.

 

Quanto mais caminhamos nessa procura da pintura, mais ela se distancia, como se fosse uma miragem. Apesar da sua concretude, que é muito matéria, forma, cor, superfície, ela também assombra como algo que não se encontra. Isso é o que estimula o artista a pintar”, diz Luiz Aquila. 

 

A exposição marca a inauguração do novo espaço da Galeria Patrícia Costa, que dobrou de tamanho e agora ocupa 160m². “Estamos investindo na força do mercado de arte. Passamos por momentos de muitas incertezas, no entanto sempre mantivemos um olhar positivo em relação ao futuro e à direção que pretendíamos tomar”, afirma Patrícia Costa.

 

“Esta individual reúne trabalhos de períodos distintos que, segundo o artista, são como estações que se manifestam em diferentes composições. Há obras do final dos anos 70 – delicados desenhos feitos em bico de pena, tratados como pintura que invade um desenho – e outras mais recentes. Pinturas em acrílico com gestos viscerais e cores intensas em grandes formatos”, analisa a curadora, Claudia Saldanha.

 

Sobre o artista

Luiz Aquila cria na pintura, no desenho e na gravura. Também foi professor e diretor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, onde exerceu grande influência sobre a Nova Pintura Brasileira, Geração 80. Nasceu em 27 de fevereiro de 1943, no Rio de Janeiro. Ao longo da carreira, participou de mais de 200 exposições (individuais e coletivas) no Brasil e no exterior, e foi chamado pelo crítico Frederico Morais de “herói de sua própria pintura”. Participou da 17ª, 18ª e 20ª Bienal Internacional de São Paulo em 1983, 1985 e 1989, respectivamente e também da Bienal de Veneza. Em 1988, transferiu-se para Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. Em 1992, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-RJ) e, em 1993, o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) realizaram mostras retrospectivas de seu trabalho. Em 2003, exposição individual no Museu de Arte Contemporânea (MAC-Niterói).  Em 2013, o artista comemorou cinco décadas de trajetória com uma grande retrospectiva no Paço Imperial e em 2019, realizou a exposição LUIZ AQUILA- Terceiro Milênio no Museu Nacional de Belas Artes _(MNBA-RJ)

 Serviço:

“Luiz Aquila - A Procura da Pintura” – individual apresenta 15 obras do artista

Curadoria: Claudia Saldanha

Abertura: 15 de dezembro de 2021, das 17h às 21h

Visitação: de 16 de dezembro de 2021 a 19 de janeiro de 2022

Funcionamento: de segunda a sexta, das 11h às 19h; sábados, das 11h às 17h

Local: Galeria Patrícia Costa

Endereço: Av. Atlântica, 4.240/lojas 224 e 225 – Copacabana – RJ

Telefone: +55 21 2227-6929/98868-1993

Classificação livre

Entrada franca

Site: luizaquila.art

Instagram: @luizaquila

Site: galeriapatriciacosta.com.br

Instagram: @galeriapatriciacosta

Formas de Pagamento Artsoul

RUA QUATÁ 845, VILA OLÍMPIA, CEP: 04546-044, SÃO PAULO - SP | CNPJ: 29.752.781/0001-52