Exposição "Entre a estrela e a serpente"

Exposição

  • Nome:

    Exposição "Entre a estrela e a serpente"

  • Abertura: 21 de maio 2022
  • Visitação: até 16 de julho 2022

Local

  • Local: Galeria Leme
  • Evento Online: Não
  • Endereço: St. Valdemar Ferreira, 130 - Butantã, São Paulo

Entre a estrela e a serpente - curadoria de Galciani Neves

21 de maio - 16 de julho, 2022

A Galeria Leme apresenta a mostra coletiva Entre a estrela e a serpente. Com curadoria de Galciani Neves, a exposição apresenta trabalhos de mais de vinte artistas brasileiros de diferentes gerações que se relacionam com o gênero "natureza-morta". A mostra nutre-se de distintas reflexões sobre o tempo e de obras contemporâneas que apresentam símbolos visuais associados a este gênero pictórico. A exposição permanece em cartaz, na Galeria Leme, de 21 de maio a 16 de julho de 2022.


A estrela e a serpente são, para Neves, agentes de contextualização temporal, que possibilitam aproximações entre os trabalhos expostos, enquanto simultaneamente os diferenciam em suas provocações.


"Estou pensando em diversas formas de perceber o tempo e de como ele pode ser uma estratégia, ou um procedimento de ficcionalização da vida, a partir de uma ordenação cronológica, ou da criação de marcos históricos. Mas também o tempo pode ser entendido como, em uma perspectiva mais crítica, um dispositivo de imposição e de opressão", destaca a curadora. 


Outro disparador importante para a mostra, de caráter ensaístico, é o que se associa quase que de imediato com símbolos visuais próprios do gênero pictórico natureza-morta: a fugacidade da vida, a futilidade das vaidades, a inevitabilidade da morte, as frutas que apodrecem, a ampulheta instaurando a passagem e a implacabilidade do tempo, a anatomia de bichos mortos, a vida silenciosa e em pausa da matéria inanimada, a investigação do poder expressivo dos objetos do cotidiano em constituições intimistas de espaço.


"Muitos trabalhos expostos trazem elementos pictóricos e narrativos, que associamos ao gênero de natureza-morta. Embora ocorra uma aproximação, o diálogo entre as obras e a ideia desse gênero pictórico não é pacífico, é um diálogo que propõe uma subversão, que corrompe uma visão eurocêntrica, ao combinar elementos socio-culturais próprios deste território”, afirma Neves.

 

Artistas

 
Adriano Machado, Aislan Pankararu, Aldemir Martins, Aline van Langendonck, Ana Amorin, Ana Elisa Egreja, Eleonore Koch, Felipe Seixas, Fernanda Galvão, Helio Fervenza, Heloisa Hariadne, Ilana Tzirulnik,Julia Gallo, Marta Jourdan, Mayana Redin, Neves Torres, Raquel Garbelotti, Regina Vater, Selva de Carvalho, Simone Moraes, Susanne Schirato, Tiago Mestre e Tiago Sant’Ana.


Sobre a curadora


Galciani Neves nasceu em Fortaleza (CE). É professora (FAAP e Universidade Federal do Ceará) e curadora. Tem mestrado e doutorado em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. É autora do livro “Exercícios críticos: gestos e procedimentos de invenção” (Educ – SP e Fapesp, 2016). Desenvolve projetos curatoriais que traçam diálogos entre arte, literatura e questões ambientais. E atualmente é uma das diretoras artístico-pedagógicas da Biblioteca - Floresta.
 

Serviço

Entre a estrela e a serpente, curadoria de Galciani Neves

Datas: 21.05- 16.07.2022 / terça a sexta – 10h – 19h / sábado – 10h – 17h

Onde: Galeria Leme – St. Valdemar Ferreira, 130 - Butantã, São Paulo - SP

Newsletter

RUA QUATÁ 845, VILA OLÍMPIA, CEP: 04546-044 SÃO PAULO - SP | CNPJ: 29.752.781/0001-52
Fale conosco via WhatsApp