Artistas

Ludgero Almeida

Ludgero Almeida (Santo Tirso, Portugal, 1989). É doutorando em Artes Plásticas na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, mestre em Ensino de Artes Visuais no 3º ciclo de Ensino Básico e Secundário na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto e licenciado em Artes Plásticas – Ramo de Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (PT). Tem exposto regularmente desde 2009, destacando-se o trabalho que tem desenvolvido em território brasileiro a partir de 2015 e que deu origem à exposição itinerante “Ciência de uma terra desolada” apresentada em 2016 no Silo Espaço Cultural no Porto (PT) e em 2017 na Galeria do Centro Cultural da Universidade Federal de Goiás, em Goiânia (BR) e na Galeria Alcindo Moreira Filho no Instituto de Artes da Unesp em São Paulo (BR). Também importantes foram as exposições individuais “Antípodas – o absurdo na memória” em 2013 na Galeria Gomes Alves, Guimarães (PT), em 2014 “O dióxido de carbono e a lâmpada estroboscópica” e em 2015 “O esquecimento de Deus” ambas no Silo Espaço Cultural no Porto (PT) e a exposição “Do sintoma indelével” em 2018 no Centro Para os Assuntos de Arte e Arquitectura em Guimarães (PT). Ludgero Almeida elabora pinturas que actuam a partir do estudo das realidades históricas e da memória. Apoiando-se em arquivos, registros e fotografias, em memórias históricas ou afectivas, pretende pensar, criticar, actualizar e desafiar-nos a ver em perspectiva a contemporaneidade, gerando camadas do sensível e complexificando a relação entre o real e o fictício.

Obras do artista