Seminário “Brasis – Territórios Dissonantes”

Exposição

  • Nome:

    Seminário “Brasis – Territórios Dissonantes”

  • Abertura: 28 de junho 2022
  • Visitação: até 07 de julho 2022

Local

  • Local: SESC Pinheiros
  • Evento Online: Não
  • Endereço: Rua Paes Leme, 195, Pinheiros, São Paulo, SP

Nos 100 anos da Semana de Arte Moderna e 200 anos da Independência do Brasil, seminário “Brasis – Territórios Dissonantes” discute a construção da identidade brasileira a partir de 28 de junho no Sesc Pinheiros

 

Evento convida intelectuais a repensarem o legado destes dois acontecimentos determinantes na história do país, como Cida Bento, Dione Carlos, Lilia Schwarcz, Suely Rolnik, Moacir dos Anjos, Rita von Hunty e Chavoso da USP

 

Potencializando os debates propostos, a programação também traz intervenções artísticas com Allyson AmaralBeatriz SanoBia FerreiraKL Jay e Há-Manas

 


 

No ano em que se completam o primeiro centenário da Semana de Arte Moderna e o segundo centenário da Declaração de Independência do Brasil, o Sesc Pinheiros propõe uma nova reflexão a respeito das narrativas de construção da identidade brasileira. Nos dias 28, 29 e 30 de junho e 05, 06 e 07 de julho, o seminário “Brasis – Territórios Dissonantes” reunirá intelectuais e artistas no Teatro Paulo Autran para refletirem sobre os cruzamentos históricos entre estes dois determinantes eventos do nosso passado com o Brasil dos dias de hoje.

 

“Urge discutir publicamente os problemas da crônica desigualdade socioeconômica, da captura do Estado por agendas corporativas, do racismo estrutural e, nas antípodas, da autodeterminação dos povos e comunidades, do reconhecimento e valorização das diferentes matrizes culturais e, também, da inadiável reparação histórica devida a povos preteridos pelo Brasil no singular”, afirma Danilo Santos de Miranda (Diretor Regional do Sesc São Paulo).

 

Abordando temas como novas vozes na produção culturalliteratura indígenaconquistas sociais do último século e resistências da arte à violência colonial contemporânea, a programação é formada por mesas de debates, conferências e intervenções artísticas e integra a ação em rede “Diversos 22: Projetos, Memórias, Conexões”, desenvolvida pelo Sesc São Paulo. As inscrições podem ser realizadas para todo o programa ou cada dia do evento no site da unidade (https://www.sescsp.org.br/sesc-pinheiros-realiza-o-seminario-brasis-territorios-dissonantes/).

 


 

PROGRAMAÇÃO DIA A DIA

 

28 DE JUNHO

 

* 18h às 19h30 – ENCONTRO: AS ARANHAS, OS GUARANI E ALGUNS EUROPEUS

Notas para descolonizar o inconsciente e livrá-lo da peste fascista

Com Suely Rolnik | Mediação: Sesc

Impossível combater cenários distópicos (como este de agora, causado pela peste fascista) sem enfrentar o regime de inconsciente dominante. Para este enfrentamento micropolítico serão apresentadas sugestões baseadas em ressonâncias entre as aranhas, os Guarani e alguns europeus.

 

* 20h às 20h15 – ABERTURA

Abertura contextualizando o Seminário “Brasis: Territórios Dissonantes” no âmbito das ações do Diversos 22.

 

* 20h15 às 20h30 – ABERTURA-MANIFESTO

Com DJ KL Jay

O DJ dos Racionais MC’s apresenta uma narrativa em ritmo e poesia sobre o Brasil, mixando músicas, trechos de falas e sonoridades variadas para criar uma enunciação musical que represente um olhar negro e periférico sobre a história do país.

 

* 20h30 às 22h – CONFERÊNCIA DE ABERTURA: QUEM INVENTOU O BRASIL?

Com Cida Bento | Provocação: Thiago Amparo

A conferência convida a refletir sobre os imperativos de descolonização do pensamento na contemporaneidade e como organizações político-culturais contra hegemônicas atuam na desconstrução de narrativas hierárquicas de gênero, raça, posição e orientação sexual, classe e origem.

 

29 DE JUNHO

 

* 18h às 19h30 – ENCONTRO: DEFENDER OS MORTOS E ANIMAR OS VIVOS

Resistências da arte à violência colonial contemporânea

Com Moacir dos Anjos | Mediação: Sesc

Reinterpretação e reinvenção de imagens do Brasil do século XIX na produção de arte contemporânea.

 

* 20h às 20h15 – ABERTURA-MANIFESTO: SA(N)GRADO

Coletivo Há-Manas (Tânia Granussi, Branca Gonzaga e Esther Antunes) | Mediação: Sesc

Em parceria com as artistas Branca Gonzaga e Esther Antunes, realiza uma performance com o texto “O mundo é o meu trauma” de Jota Mombaça.

 

* 20h15 às 22h – MESA: ENTRE TRÊS BRASIS (1822, 1922 E 2022)

Com Lilia Schwarcz e Gênese Andrade | Provocação: Jeferson Tenório

Quais os pontos de aproximação e divergência entre os Brasis da Independência, da Semana de Arte Moderna e da atualidade? Se por um lado, verifica-se a continuidade dos processos excludentes e violentos de nossa formação socioeconômica, como pensar as rupturas e conquistas sociais do último século?

 

30 DE JUNHO

 

* 18h às 19h30 – ENCONTRO: BRASIS REFLETIDOS EM CENA

Com Jaqueline Elesbão | Mediação: Sesc

Entre antropofagia e brasilidade, história real e utopia, de que Brasis falam os encenadores de artes cênicas?

 

* 20h às 20h15 – ABERTURA-MANIFESTO

Com Bia Ferreira

O desdobramento do afeto como ferramenta de comunicação é a aposta da artista, que parte de experiências cotidianas e próximas de seu íntimo para se aproximar, tocando em dimensõ es partilhadas de repressão e violência – especialmente contra a população negra e LGBTQIA+.

 

* 20h15 às 22h – MESA: VOZES RESISTENTES NARRAM O BRASIL

Com Tiago Torres (Chavoso da USP) e Katú Mirim | Provocação: Rita Von Hunty

O Brasil tematizado pelos românticos e modernos foi narrado por vozes específicas: masculinas, brancas, burguesas, donas de terras. A despeito de continuarmos sendo um país excludente e de produção cultural elitizada, o último século assistiu ao fortalecimento de novas vozes na literatura, na música, no cinema.

 

5 DE JULHO

 

* 19h às 19h35 – Praça (térreo) – APRESENTAÇÃO: BOCAAAAAAA

Com Allysson Amaral

Inspirado na obra musical a Bachiana Brasileira n°7, o solo invoca o princípio dinâmico de Exú, Exú Enugbarijo – a boca coletiva (boca do mundo) que engole de um jeito para cuspir de forma transformada de outro.

 

* 20h às 21h30 – ENCONTRO: CORPO-TERRA E CONTRACOLONIALIDADE

Com Nego Bispo | Mediação: Sesc

A multiplicidade dos corpos, dos territórios e seus modos de existir e combater a colonialidade será ponto de partida para reflexões do mestre quilombola Nego Bispo.

 

6 DE JULHO

 

* 19h às 19h35 – Praça (térreo) – APRESENTAÇÃO: TUDO DE NOVO

Com Beatriz Sano

Este solo integra o projeto “Solos Brasileiros: Danças para Villa-Lobos” a convite da Oficina Oswald de Andrade de São Paulo, em comemoração ao centenário da Semana de Arte Moderna.

 

20h às 21h30 – ENCONTRO: LIVROS-POVOS – A LITERATURA INDÍGENA MACUXI E TAUREPANG

Com Julie Dorrico | Mediação: Sesc

Conhecer um livro indígena é se aproximar da diversidade pluritétnica do Brasil, território de 305 povos falantes de 274 línguas originárias. Por meio da literatura indígena, Dorrico apresentará sua obra que invoca Makunaima; a poesia de Sony Ferseck, também escritora Macuxi; e Clemente Flores (Taurepang) e Devair Fiorotti (não indígena).

 

7 DE JULHO

 

* 20h às 21h30 – ENCONTRO PALAVRA VIVA – UMA COMPLEXA DRAMATURGIA DOS AFETOS | LANÇAMENTO DO LIVRO “PALAVRA VIVA”

Com Dione Carlos, Leda Maria Martins, Valmir Santos | Mediação: Rosane Borges

A complexa dramaturgia de afetos na obra de Dione Carlos e o aquilombamento como tecnologia para publicação literária. Lançamento do livro Palavra Viva.

 


 

SOBRE O PROJETO DIVERSOS 22

“Diversos 22 - Projetos, Memórias, Conexões” é uma ação em rede do Sesc São Paulo, em celebração ao Centenário da Semana de Arte Moderna de 1922 e ao Bicentenário da Independência do Brasil em 1822, com atividades artísticas e socioeducativas, programações virtuais e presenciais em unidades na capital, interior e litoral do estado de São Paulo, com o objetivo de marcar um arco temporal que evoca celebrações e reflexões de naturezas diferentes, mas integradas e em diálogo, acerca dos projetos, memórias e conexões relativos à efeméride, no sentido de discuti-los, aprofundá-los e ressignificá-los, em face dos desafios apresentados no tempo presente. A programação teve início em setembro de 2021, com a realização do Seminário “Diversos 22: Levantes Modernistas”, e encerra-se em dezembro de 2022. Mais informações, acesse.

 

SOBRE O SESC SÃO PAULO

Com 75 anos de atuação, o Sesc – Serviço Social do Comércio conta com uma rede de 45 unidades operacionais no estado de São Paulo e desenvolve ações com o objetivo de promover bem-estar e qualidade de vida aos trabalhadores do comércio, serviços, turismo e para toda a sociedade. Mantido pelos empresários do setor, o Sesc é uma entidade privada que atua nas dimensões físico-esportiva, meio ambiente, saúde, odontologia, turismo social, artes, alimentação e segurança alimentar, inclusão, diversidade e cidadania. As iniciativas da instituição partem das perspectivas cultural e educativa voltadas para todas as faixas etárias, com o objetivo de contribuir para experiências mais duradouras e significativas. São atendidas nas unidades do estado de São Paulo cerca de 30 milhões de pessoas por ano. Hoje, aproximadamente 50 organizações nacionais e internacionais do campo das artes, esportes, cultura, saúde, meio ambiente, turismo, serviço social e direitos humanos contam com representantes do Sesc São Paulo em suas instâncias consultivas e deliberativas. Mais informações, clique aqui.

 


SEMINÁRIO “BRASIS – TERRITÓRIOS DISSONANTES”
Dias 28, 29 e 30 de junho e 05, 06 e 07 de julho

Local: Sesc Pinheiros – Teatro Paulo Autran (500 lugares)

Endereço: Rua Paes Leme, 195, Pinheiros, São Paulo, SP

Inscrição integral dos seis dias do seminário: R$ 100 (Inteira); R$ 50 (Meia); R$30 (Credencial Plena)

Inscrição por dia: R$ 25 (Inteira); R$ 12,50 (Meia); R$ 7,50 (Credencial Plena)

Já disponíveis no site do Sesc Pinheiros (https://www.sescsp.org.br/sesc-pinheiros-realiza-o-seminario-brasis-territorios-dissonantes/)

Bilheteria: Terça a sábado das 10h30 às 21h. Domingos e feriados das 10h30 às 18h. Tel.: 11 3095-9400.

Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 21h; Sábado, domingo, feriado, das 10h às 18h. Para atividades no Teatro Paulo Autran, preço único: R$ 12,00 (Credencial Plena) e R$ 18,00 (Credencial MIS, Credencial Atividades e não credenciados ao Sesc).

Newsletter

RUA QUATÁ 845, VILA OLÍMPIA, CEP: 04546-044 SÃO PAULO - SP | CNPJ: 29.752.781/0001-52
Fale conosco via WhatsApp