Exposição ‘Ou o que dobramos com os olhos’ | Ana Clara Tito

Cavalo Galeria - Alameda Lorena, 1257, Casa 4 - Jardim Paulista, São Paulo

Exposição ‘Ou o que dobramos com os olhos’ | Ana Clara Tito

CAVALO

‘Ou o que dobramos com os olhos’
Cavalo, Rio de Janeiro/São Paulo
27/11/2021 - 29/01/2022


No sábado dia 27 de novembro abre para visitação a exposição ‘Ou o que dobramos com os olhos’ de Ana Clara
Tito. Em sua primeira individual em São Paulo, a jovem artista baseada no Rio de Janeiro apresenta obras feitas
ao longo do último ano, tendo como ponto de partida os limites do seu próprio corpo. A mostra é uma iniciativa
da galeria carioca Cavalo, e acontece no Espaço CAMA (Alameda Lorena 1257, casa 4 – Jardim Paulista),
ambiente colaborativo criado e organizado coletivamente por galerias de diferentes cidades.
Ana Clara estabelece um diálogo entre arqueologia e arquitetura através de fotografias íntimas que se
combinam a restos de materiais de construção civil em trabalhos escultóricos e instalativos. Placas de cimento
se convertem em foto-esculturas onde as imagens e os materiais explicitam o contraste entre carne e concreto.
A artista está atualmente em cartaz no MAM Rio com a individual ‘O que se degrada segue em frente’, primeira
exposição do projeto Supernova, que traça um panorama da produção artística contemporânea no Brasil.
O desejo de extrapolar restrições impostas ao indivíduo é uma ideia presente em ambas exposições. Em
diversas imagens a artista é fotografada numa dança/embate com pedaços de vergalhões. Outros elementos
como destroços de concreto, cacos de barro, metais oxidados, são usados em suas obras e remetem tanto à
superação de claustrofobia quanto à fragmentação de identidade. Em sua pesquisa a ruína pode ser
simultaneamente uma metáfora para o sujeito e uma aspiração de liberação. Nesse sentido, a maneira como
Tito transpassa a bidimensionalidade em suas fotografias performáticas ao confrontá-las com materiais
perecíveis é mais um indício da vontade de não se deixar limitar.
‘Ou o que dobramos com os olhos’ é uma frase partida que traz em seu início certa omissão e incompletude.
Uma oração que indica pelo verbo um anseio de agir. Após um longo período de confinamento involuntário, é
pertinente notar como a imaginação pode ser uma ferramenta para não nos deixarmos enclausurar por
completo. Para mais informações contate a galeria em [email protected]


Bio
Ana Clara Tito nasceu em Bom Jardim (RJ) em 1993. Formou-se em desenho industrial pela Esdi-UERJ, com
parte de seus estudos realizados na York University, em Toronto. Em meados de 2019, participou do Programa
Formação e Deformação, da EAV Parque Lage. Em 2020, participou da residência de Raquel Trindade, no
Instituto de História e Cultura Afro-Brasileira e da residência MAM - Capacete, no Rio de Janeiro. Entre suas
exposições coletivas recentes destacam-se ‘Desmanche’, (Cavalo, Rio de Janeiro, 2021), ‘Carolina de Jesus:
Um Brasil para os Brasileiros’, (IMS, São Paulo, 2021). Dentre suas individuais realizou: O que se degrada
segue em frente, Mam Rio (2021), Fundação de Niterói (2020), Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica (2020),
Centro Cultural São Paulo (2020). A artista também é uma das fundadoras do Movimento Nacional Trovoa,
articulação nacional de artistas, curadoras e arte educadoras racializadas.

 

Serviço:
Exposição: ‘Ou o que dobramos com os olhos’
Abertura: 27 de novembro de 2021
Horários de visitação: terça a sexta das 12h às 19h / sábado das 11h às 17h
Local: Alameda Lorena, 1257, Casa 4 - Jardim Paulista, São Paulo
Para mais informações: [email protected]

Formas de Pagamento Artsoul

RUA QUATÁ 845, VILA OLÍMPIA, CEP: 04546-044, SÃO PAULO - SP | CNPJ: 29.752.781/0001-52