Exposição "O jogo da aurora" | Mariana Serri

Exposição

  • Nome:

    Exposição "O jogo da aurora" | Mariana Serri

  • Abertura: 27 de novembro 2021
  • Visitação: até 31 de janeiro 2022

Local

  • Local: Galeria Marília Razuk - Rua Jerônimo da Veiga, 131 – Itaim Bibi
  • Evento Online: Não

Galeria Marília Razuk estreia individual da artista Mariana Serri

Em 'O jogo da aurora', a artista exibe um conjunto inédito de 40 pinturas, nas quais reflete sobre o equilíbrio entre homem e natureza

 

O movimento solar e os pontos cardeais conduzem a pesquisa da artista Mariana Serri sobre a origem de seu desejo em representar formas e cores, elementos sempre presentes em sua poética. O resultado desta investigação pode ser visto nas cerca de 40 pinturas da mostra O jogo da aurora, individual que a artista exibe a partir de 27 de novembro na Galeria Marília Razuk, com texto crítico assinado por Bia Machado.

A exposição contrasta pinturas de formas orgânicas e títulos botânicos com uma série de pequenos formatos geométricos, inspirados em raias e elementos gráficos de uma piscina. "A forma circular solar é um elemento que se mostra em diversas pinturas, remetendo ao título e à mística infinita encerrada na estrela", explica Serri.

Na série Chão (2021), Mariana reflete sobre a ideia de presença, desde sua presença no ateliê, ao dar vida às suas pinturas, a presença ao recolher e observar as plantas eternizadas em sua obra, até a presença do visitante que observa suas criações. É uma forma de conduzir o espectador a estar presente na experiência da cor.

Já no conjunto de quatro pinturas verticais, Mariana Serri representa as direções de norte, sul, leste e oeste, e traz ao público skylines inspirados em vistas do litoral e do atelier, a Fossa das Marianas - local mais profundo dos oceanos, situado no Oceano Pacífico -, e o movimento do sol ao longo dos meses.

A artista propõe um equilíbrio entre formatos verticais e horizontais, e traz em diversos momentos o formato de cruz não somente como elemento figurativo da obra, mas também na expografia da mostra, contrapondo obras geométricas com obras de formas fluídas.

Trata-se de uma dicotomia que mostra, de forma implícita, a sintonia e simbiose entre a produção artística desta artista mineira criada em São Paulo, com sua atuação como educadora, atividade que mantém em paralelo desde o início de sua trajetória e que permite uma investigação acerca da origem de seu interesse a partir do interesse observado em seus alunos.

 

Sobre Mariana Serri
Nascida em 1982 em Belo Horizonte - Minas Gerais, Mariana Serri atualmente vive e trabalha em São Paulo.

Artista plástica formada pela FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado, em 2005. Em 2013 apresentou a exposição individual Áporo na Galeria Marília Razuk, em homenagem ao poema homônimo de Carlos Drummond de Andrade, e também à esta palavra. Em 2012 apresentou na Casa das Rosas exposição individual de pinturas realizadas para o livro de poemas Epidermias, em parceria com Ângela Castelo Branco. Em 2010 apresenta exposição individual We live on a mountain na Galeria Virgilio. Expôs em diversas exposições coletivas, dentre as quais se destacam: Além da Forma, com curadoria de Cauê Alves no Instituto Figueiredo Ferraz; Os Primeiros dez anos, no Instituto Tomie Ohtake em 2012, com aproximadamente 50 artistas contemporâneos; Paisagens à margem, no Programa de Exposições do Paço das Artes em 2011, com Lucas Arruda, Mariana Galender e Mariana Tassinari; Projeto Radio visual da 7ª Bienal do Mercosul' com a obra Aperte o botão ou apresente o seu cartão, realizado em parceria com Lucas Arruda; exposição Incompletudes na Galeria Virgílio em 2010 com curadoria de Mario Gioia; exposição entre 5 paredes em 2008 com Ana Prata; Bruno Dunley e Lucas Arruda; 11ª Bienal de Santos; Programa de Exposições de Ribeirão Preto; 13º Salão dos Novos de Joinville; 37ºAnual de Artes da FAAP, na qual recebeu prêmio pela obra Domingo, 2005, (vídeo, 13'31''). De agosto de 2000 a julho de 2001 cursou o 3º ano do Ensino Médio com habilitação em Artes-Plásticas na Escola De Wijnpers, em Leuven, na Bélgica.

 

Serviço:
O jogo da aurora, de Mariana Serri
Abertura: 27 de novembro, 11h às 16h
Período expositivo: 27 de novembro de 2021 a 31 de janeiro de 2022
Local: Galeria Marília Razuk
Funcionamento: segunda a sexta, das 11 às 18h e sábados das 11h às 16h

Galeria Marilia Razuk
Sala 1/ Rua Jerônimo da Veiga, 131 – Itaim Bibi – São Paulo

Tel: +5511 3079-0853 / Whatsapp: + 5511 96082-3111
[email protected]
https://galeriamariliarazuk.com.br/

 

VISITA GUIADA COM A ARTISTA

Visita guiada à Exposição "O Jogo da Aurora" com a artista Mariana Serri na Galeria Marília Razuk
22.01.2022 às 11h30 
RSPV: [email protected]

Newsletter

RUA QUATÁ 845, VILA OLÍMPIA, CEP: 04546-044 SÃO PAULO - SP | CNPJ: 29.752.781/0001-52
Fale conosco via WhatsApp