Artistas

Martin Parr

Epsom, 1952. Vive e trabalha em Londres, Reino Unido.

Martin Parr é um cronista da nossa geração. À primeira vista, suas fotografias parecem exageradas ou até grotescas. Os temas que escolhe são estranhos, as cores são berrantes e as perspectivas são incomuns. O termo de Martin Parr para o poder esmagador das imagens publicadas é "propaganda", e ele a contraria com suas próprias armas escolhidas: crítica, sedução e humor. Incentivado pelo seu avô George Parr, ele mesmo um astuto fotógrafo amador, estudou fotografia na Manchester Polytechnic, de 1970 a 1973. Desde aquela época, desenvolveu uma reputação internacional por suas imagens inovadoras, sua abordagem oblíqua ao documentário social e sua contribuição para a cultura fotográfica no Reino Unido e no exterior. Em 1994, ele se tornou membro pleno da Magnum Photographic Corporation. Em 2002, a Barbican Art Gallery e o National Media Museum iniciaram uma ampla retrospectiva de sua obra, que excursionou pela Europa durante os próximos 5 anos. Ele foi designado professor de Fotografia em 2004 no campus da University of Wales Newport. Em 2008, Martin Parr foi curador convidado pelo New York Photo Festival e curador do Brighton Photo Biennial, que aconteceu em outubro de 2010. Em 2018 foi selecionado pela Tate Modern para integrar o famoso Artists Room, onde terá sua obra exibida permanentemente. Martin Parr publicou mais de 70 livros da sua própria obra e editou mais 30 exposições.

Obras do artista