Artistas

Caroline Veilson

Nasceu em 1993, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, cidade onde vive e trabalha. Formou-se em 2018 no curso de Artes Visuais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com pesquisa na área da gravura e arte impressa, onde é integrante desde 2015 do grupo de pesquisa e extensão Núcleo de Arte Impressa do Instituto de Artes da UFRGS, coordenado pela professora Dra. Helena Kanaan. Atualmente é artista em residência no Atelier Jabutipê, do artista visual Antônio Augusto Bueno, premiação do 12º Prêmio Açorianos de Artes Plásticas, 2019. Sua pesquisa aborda questões da memória e afetividade, representando objetos e folhas coletadas, parte dos documentos de trabalho da artista que são utilizados na produção de gravuras. São os objetos de convívio diário, imbuídos de memórias e significados que não são só seus, pois tratam-se de objetos antigos pertencentes à outra família há gerações. Para imprimir algumas gravuras, a artista opta por fabricar o papel, outorgando algo mais pessoal para essas imagens. Produz os papéis com fibras de bananeira bem finas e com uma gramatura mais baixa, o que confere ao papel maior leveza e transparência.

Obras do artista