Exposição "Regina Silveira: Outros Paradoxos"

MAC USP - Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301 – Ibirapuera

Exposição "Regina Silveira: Outros Paradoxos"

REGINA SILVEIRA: OUTROS PARADOXOS

Retrospectiva reúne cerca de 180 obras de Regina Silveira, uma das mais importantes artistas brasileiras de sua geração, reconhecida internacionalmente por sua trajetória como artista, pesquisadora e professora.

 

Em 2019 o Museu de Arte Contemporânea da USP recebeu a doação de 42 obras de Regina Silveira, em parceria com a Luciana Brito Galeria, complementando o conjunto significativo de obras da artista que o Museu já possuía em seu acervo. Para marcar essa importante doação, o Museu apresenta a partir de 28 de agosto a exposição Regina Silveira: Outros Paradoxos. Segundo as curadoras Ana Magalhães e Helouise Costa, o título da mostra remete ao Paradoxo do Santo, obra incorporada ao acervo do museu em 1994, mas também, e principalmente, "à inquietação característica da atitude questionadora da artista diante da vida e da arte". Entre as 180 obras apresentadas estão gravuras produzidas ainda na década de 1960, experimentações com apropriações e imagens e videoarte dos anos 1970, propostas de intervenções urbanas e algumas de suas instalações mais recentes.

 

Uma das maiores artistas brasileiras de sua geração, Regina Silveira (1939, Porto Alegre, RS) é Mestre e doutora em Arte pela ECA – USP, onde também foi professora. Expoente da arte conceitual e da experimentação de linguagens e meios, tem sua trajetória entrecruzada com a própria história do MAC USP. Desde os anos 1960 realiza exposições individuais e participa de coletivas selecionadas, no Brasil e no exterior. Participou das 16ª, 17ª e 24ª Bienais de São Paulo (1981, 1983, 1998) e de inúmeras outras grandes exposições, como: Bienal de Curitiba (SC, 2013 e 2015); Bienal do Mercosul (Porto Alegre, RS, 2001 e 2011); Bienal de La Habana (Cuba, 1986, 1998 e 2015); 6ª Taipei Biennial (Taiwan, 2006); 2ª Setouchi Triennale (Japão, 2016) e 1a Bienal Sur (Argentina, 2017).

 

A exposição chama a atenção para certos aspectos da produção de Regina Silveira, como a  dimensão política marcante em suas obras. "Seu modo de problematizar a realidade à sua volta não passa pela abordagem de assuntos explicitamente políticos, ou pelo uso de imagens panfletárias. Ela trabalha nas entrelinhas, em aspectos aparentemente banais, mas reveladores das tensões e contradições sociais", apontam as curadoras. A questão de gênero também merece atenção, pois Regina Silveira tem sido capaz de romper com as barreiras do reconhecimento artístico que costuma privilegiar os artistas homens de sua geração. As curadoras enfatizam que "ao realizar obras de grandes dimensões destinadas ao espaço público, ela dá visibilidade à presença feminina na arte por meio de sua capacidade de projetar e mobilizar o circuito da arte, no Brasil e no exterior, para a execução de suas propostas".

 

A retrospectiva permite ainda notar como Regina Silveira atualiza técnicas e materiais ao longo de sua trajetória, desde a experimentação com o uso de novas mídias na década de 1970 até os recentes processos digitais. Além disso, a exposição apresenta esboços dos projetos, estudos de algumas obras, maquetes, vitrines com documentos e vídeos informativos.

 

Esta retrospectiva integra a rede de expansão da 34ª Bienal de São Paulo, uma parceria do MAC USP com a Fundação Bienal de São Paulo, e reinaugura o anexo expositivo do museu que passou por uma reforma de readequação de seu piso em 2018-2019. Ideal para projetos site specific, instalações e obras de grande porte, o espaço está voltado para a experimentação artística. Reinaugurá-lo com Regina Silveira é reafirmar este caráter, próprio de um museu universitário público. A artista também participa da 34ª Bienal de São Paulo, que poderá ser visitada gratuitamente no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, no Parque Ibirapuera, de 4 de setembro a 5 de dezembro de 2021.

 

Regina Silveira: Outros Paradoxos 

 

De 28 de agosto / 2021 a 3 de julho/  2022

Curadoria Ana Magalhães e Helouise Costa

MAC USP

Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301 – Ibirapuera

Terça a domingo das 10 às 19 horas (necessário agendamento)

11 2648.0254

Entrada gratuita

Para agendamento gratuito - sympla.com.br/visitamacusp

Formas de Pagamento Artsoul

RUA QUATÁ 845, VILA OLÍMPIA, CEP: 04546-044, SÃO PAULO - SP | CNPJ: 29.752.781/0001-52