revista ArtSoul

Artsoul na Folha Ilustrada

Artsoul na Folha Ilustrada

O Jornalista João Perassolo assina a matéria que saiu no caderno e no portal Ilustrada e fala sobre 3 novos sites de arte que surgiram recentemente no cenário brasileiro e nós estamos entre eles! Confira abaixo parte da matéria ou clique aqui para ler a versão completa no site da Folha.

Sites criam pontes entre colecionador, artista e galeria

Lançadas recentemente, plataformas prestam serviços de pré-venda e venda online de obras com valores variados

João Perassolo

Três sites surgidos nos últimos meses procuram conectar novos colecionadores a artistas e galeristas. O Artsoul e o Laart, baseados em São Paulo, e o Artrio.com, do Rio de Janeiro, chegam ao mercado funcionando como galerias de arte online.

A ideia, dizem seus sócios, é desmistificar o meio para quem está começando a investir em obras de arte e também abrir um canal de negócios com aqueles que se intimidam em entrar no gélido ambiente das galerias.

Carla Loureiro, uma das sócias do Artsoul, explica que criou o portal diante das dificuldades que um leigo encontra ao tentar adquirir uma obra: "Há uma demanda de tempo, de logística, e também questões de como chegar na galeria e o que há de informação disponível na internet sobre os trabalhos à venda naquela galeria".

O Artsoul não vende as obras pela internet, mas atua como um intermediário entre os interessados e os marchands, que registram seus acervos no site. Funciona da seguinte forma: o comprador marca seu interesse por um dos trabalhos disponíveis online e então agenda um horário para ser atendido pelo galerista responsável pela obra. O interessado já chega à galeria sabendo quanto vai pagar.

Há 37 galerias cadastradas, de vários estados – São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte e Vitória –, incluindo as poderosas Mendes Wood e Bolsa de Arte. O foco do site, que só trabalha com o mercado primário (sem revendas) é arte contemporânea brasileira.

 

Clique aqui e acesse a matéria completa no site da Folha.